Meu bebe ta começando a comer, e agora?





Esse duvida vi que tem passado na cabeça de muitas mamães, minhas amigas que estão nessa fase tem conversado bastante sobre esse assunto. Dai surgem dicas, duvidas e curiosidades, que obvio virou post desse blog.

Pesquisei em vários sites, ainda não estou nessa fase com minha pequena, mas já quero me preparar porque sei que logo logo esta chegando.

Passo a passo
A introdução de novos alimentos deve ser feita de maneira gradual, sempre observando se a criança está tolerando bem a transição. Agora, se tudo vai bem, basta avançar, etapa por etapa, na rotina do desmame.

1. Dar suco no copinho de transição, evitando mamadeira;
2. Não colocar açúcar nas papinhas de fruta;
3. Evitar sal;
4. Substituir temperos prontos por ervas frescas;
5. Oferecer as refeições em horários fixos, longe da TV;
6. Amassar a papinha com garfo em vez de bater no liquidificador ou passar na peneira. Isso preserva as fibras e estimula a mastigação;
7. Abolir pratos industrializados;
8. Preferir frutas, legumes e verduras da estação;
9. Entender que os pequenos comem sempre de acordo com suas necessidades. Nem mais nem menos;
10. Dar papinhas congeladas nos dias de correria. Congelar não provoca grande perda de nutrientes.


O desmame começa com o oferecimento de um suco de frutas, de preferência pela manhã, entre as mamadas. "A laranja-lima costuma ser bem aceita por causa do sabor doce. Não adoce o suco, apenas esprema a laranja, coe e sirva no copinho ou na mamadeira. Comece com 30 ml, aumentando 10 ml a cada dia, conforme a aceitação da criança, até chegar a 150 ml.
Depois de cinco dias, se o bebê não apresentar nenhuma intolerância, prepare-se para oferecer a papa de frutas entre as mamadas da tarde. Boas escolhas para a estreia: ¼ de pera, de mamão ou de maçã ou ½ de banana-prata. Amasse ou raspe as frutas. Nunca passe pelo liquidificador: o pequeno ainda não come sólidos, mas precisa de alguma consistência para estimular a mastigação. Aumente o volume da papa de fruta gradativamente, conforme seu filho aceite a comida. Após uma semana com ele aceitando bem a papa doce, organize os horários das mamadas para oferecer a papa salgada no horário de almoço (11h30/12h).


 Depois de alguns dias, também as papas de frutas podem ser introduzidas, como um lanche da tarde, no intervalo das mamadas. Raspadinhas ou amassadas, elas ajudam a criança a treinar a capacidade de receber alimentos com a colher. Não se assuste se, no começo, seu filho cuspir tudo que você oferecer. "Esse movimento é involuntário. Para evitá-lo, a mãe deve colocar a comida mais ou menos no meio da língua do bebê e ter paciência. Dois ou três dias são suficientes para que o pequeno aprenda. A partir daí, tanto o suco quanto a papinha continuam na dieta da criança como uma saudável opção de lanche pela manhã e à tarde.

Depois de pelo menos 15 dias tomando suco e comendo frutas amassadas, chega a vez da papa salgada, inicialmente em substituição a uma mamada próxima do horário do almoço. Comece refogando uma folha, uma raiz e um legume com temperos suaves e sem sal. Quando estiverem macios, eles podem ser amassados com um garfo e oferecidos ao bebê.

Nas primeiras papinhas, escolha três tipos de legumes e verduras de cores diferentes - batata, abóbora e chuchu, por exemplo. Pique um pouco de cada um, coloque na panela, cubra com o dobro da quantidade de água e deixe cozinhar até ficar tudo bem macio. Depois, amasse tudo com um talher e dê aos pouquinhos para o bebê. Procure manter os mesmos ingredientes por alguns dias, assim fica mais fácil observar a tolerância a eles. Quando seu filho estiver acostumado com o almoço, mais ou menos após uma semana, é hora de incluir a papinha do jantar. Combine com o pediatra do seus filho como ajustar os horários das mamadas nesse início.

No início, é melhor cozinhar a carne junto com os legumes e retirá-la no final. Aos poucos, conforme a criança demonstrar aceitação, a mãe pode oferecê-la também - bem desfiadinha para evitar engasgos.


Cerca de dois meses após o início do desmame, uma segunda refeição salgada pode ser oferecida no lugar da mamada que acontece por volta da hora do jantar. Gradualmente, também a consistência das papinhas deve ser modificada, passando de semissólida para sólida. O objetivo é que, por volta de 1 ano, seu pequeno gourmet já esteja à mesa com a família compartilhando os mesmos alimentos que todos os integrantes da casa

Por fim, a última sugestão: 20 é o número de vezes que você deve oferecer um mesmo alimento ao bebê para ter certeza de que ele realmente não gostou daquele sabor


Café da manhã: leite
Lanche da manhã: suco de frutas
Almoço: papa salgada + fruta
Lanche da tarde: papa de fruta e leite
Jantar: papa salgada + fruta
Antes de dormir: leite

A quantidade ideal

O quanto a criança vai começar varia muito, mas apenas para você ter uma referência:
- dos 6 aos 9 meses: de quatro colheres (das de sopa) a uma xícara
- dos 10 aos 12 meses: uma xícara cheia
- de 1 a 3 anos: um prato infantil cheio

Gostou? 
Comente, de sua sugestão, diga o que vc pensa! 
Twitter: www.twitter.com/mariababona 
FanPage: www.facebook.com/mariababona 
Instagram: www.instagram.com/mariababona

fonte: http://bebe.abril.com.br/materia/como-apresentar-os-primeiros-alimentos-ao-bebe
http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI863-10591-2,00-COMO+INTRODUZIR+OS+ALIMENTOS+NA+DIETA+DO+BEBE.html
http://bebe.abril.com.br/materia/como-oferecer-as-primeiras-papinhas

Tecnologia do Blogger.