Seu bebê cresceu? Veja como montar um novo quarto para ele.

maio 28, 2015
Quando chega aquela fase de deixar de ser bebê, muitas mamães entram em "parafuso" para saber, o que exatamente mudar, aproveitar, trocar ou reformar no quartos dos pequenos.

Ainda que a criança não tenha preferências bem definidas é essencial que o quarto seja confortável, transmita para a criança o sentimento de segurança e traga referências das atitudes e gostos dela

LEVE EM CONTA

- Um personagem ou tema que seu filho goste
- Rompa com o esteriótipo: quarto de menina decorado em rosa e de menino em azul.



- Escrivaninhas e mesas de computador estimulam o estudo, eles começam ir a escolinha, fundamental iniciar a rotina de estudos.


- Um cama adequada para idade, com grades de proteção para aqueles que acabaram de sair do berço e quem sabe uma cama auxiliar para receber os coleguinhas. Boas noites de sono são fundamentais no desenvolvimento físico e mental das crianças


- Use estímulos, nessa idade as cores pastéis podem ser trocadas por cores mais vibrante, invista em móveis com cores


- Os móveis infantis com diferentes compartimentos aumentam a organização do quarto e da casa;


- Os quartos infantis aconchegantes deixam as crianças mais confiantes e seguras para dormirem sozinhas;
-  Investir em adesivos de parede ou pinturas, ou até uma parede lousa, fica bem divertido


-  A cortina, deve ser de um material prático de lavar. Considere apostar em uma persiana romana, um rolo ou ainda uma tela solar, que bloqueia a luz e não acumula muito pó.



-  O piso vinílico é o mais apropriado, pois possui uma boa absorção acústica, conforto térmico, facilidade de limpeza (apenas com vassoura de pelo ou rodo com pano levemente úmido) e tratamento bactericida. Pode ser instalado em mantas ou réguas e propicia grande variedade de cores e padronagens.


RECOMENDAÇÕES

- Algumas pequenos tem medo do escuro e nestes casos é importante colocar alguma luz fraquinha para que elas consigam dormir sossegadas; use dimerizadores que pode graduar a luz e deixa o espaço aconchegante.


- Evite acessórios e objetos que podem ser perigosos, como: porta retratos de vidro, abajur com lâmpadas que esquentam, tomadas expostas (use protetores), tesouras, estiletes, móveis soltos que podem virar.
- Pontas arredondadas em móveis destinados às crianças diminuem os riscos de acidentes caseiros;
- Em quartos crianças é fundamental ter um espaço livre para a circulação. Evite ao máximo colocar muitos móveis neste cômodo, atenha-se ao que realmente é indispensável. 

VEJA AGORA UM ANTES DE DEPOIS PROJETADO POR MIM, CONSULTE SEMPRE UM PROFISSIONAL









Para quem quiser tirar dúvidas, fazer sugestões de temas e buscar assessoria para o quarto dos 

seus pequenos. Escreva pra gente: julianapires@terra.com.br

Até a próxima mamães

Beijinhos





Tecnologia do Blogger.