Criança desaparecida! Fui ao mercado com minha filha, quando olhei ela não estava mais lá

janeiro 25, 2016
Desespero, tipo cena de filme que o seu mundo para e começa a ver as coisas em câmera lenta, um filme passando pela sua cabeça e gritos chamando desesperadamente pela minha pequena. Nunca pensei que isso fosse acontecer comigo. Porque justo comigo sou tão cuidadosa.
Aconteceu hoje cedo quando fazia compras num hipermercado da cidade, ela estava ao meu lado todo tempo, super feliz porque tinha comprado um Kinder ovo para ela. Parei para prestar atenção nos preços da prateleira e comparar o produto o tal custo X benefício e me concentrei nisso por poucos instantes, quando decidi qual levaria olhei para o lado e ela ja não estava lá.



Marcela, Marcela, filha MARCELAAAAAA, larguei tudo onde tava e comecei a percorrer as prateleiras, por sorte o mercado estava bem vazio então a vizualização tinha um alcance do olhar mais longo. MArcelaaaaaa cade você.... FILHAAAAAAA
Respiração começa a ficar ofegante, uma vontade de chorar, o coração desparando e pernas bambas...medo, muito medo...força e coragem para continuar buscando...ela estava ali do meu lado, meu deus o que eu fiz, ou o que não fiz, SOCORRO! MARCELAAAAAAA
Já me vi no fantastico, na delegacia, pensei no desesperos da mães que tem filhos desaparecidos, me arrependi das brincas e gritos que dei ate hoje...como me explicar para o marido, minha mãe, para sociedade....MARCELAAAAAAAA

Quando olhei ela estava no final da prateleira de doces,parada, estática chorando, chorando muito....meu desespero aumento, será que alguem fez alguma coisa????

Foram os 6 minutos mais longos da minha vida!

Meu mundo desabou abracei, beijei e chorei, quando vi que estava tudo bem, ja vem aquela vontade de dizer porque você fez isso?! Não fiz, abarcei ela forte, afinal a lição não foi só para mim foi para ela também.

Ela foi lá onde eu tinha comprado um kinder ovo, ela foi trocar a caixinha dela pois acho q na outra viria coisa melhor, achou que chegaria lá sozinha, se perdeu no caminho.

Enfim, foi uma lição aprendida! Ensinei que não pode ficar longe da mãe, e menos ainda sair sem avisar e tb o que fazer caso ocorra uma situação dessa, dei dicas de ficar parada no local, tentar não chorar (aqueles berros de criança) se não ela não escuta a mamãe chamando, falei também que procure uma pessoa que trabalhe lá e peça ajuda, mas que não sai do local que ela se perdeu, fique lá....afinal  vai saber a indole das pessoas.

Não sei se as dicas foram as melhores, sei que a partir de agora eu que vou cuidar melhor do que é meu, porque sim em 1 segundo nossos filhos podem realmente desaparecer e a gente nem dar conta disso, e é desesperador!

Graças a Deus ssó foi uma travessura de criança que se julga independente ao longo de seus 4 anos, mas poderia ter sido uma verdadeira tragédia.

Obrigada Senhor!"
Por Marta Gomis
Pedi para Marcela gravar um vídeo de como ela se sentiu, confira só:


Tecnologia do Blogger.