Como lidar com os incômodos dos primeiros dentinhos?

abril 11, 2018


Pediatra lista dicas para aliviar sintomas deste desconfortável período que vive todo bebê



Se o seu bebê está entre a fase dos 6 meses a 1 ano e meio e anda irritado, com salivação exacerbada, inchaço e coceira na gengiva, é sinal que os primeiros pontinhos brancos estão despontando dentro da boca dos pequenos. De acordo com Denise Katz (CRM 63548-SP), devemos ficar atentos para diferenciar a  irritabilidade causada pela nova dentição de outras causas, quando  o bebê pode apresentar também  febre, perda de apetite ou outros sintomas, então devemos sempre procurar uma avaliação médica. Para minimizar os sintomas deste período, a especialista enumerou quatro dicas para aliviar o desconforto do bebê:

1.      Invista em mordedores de gel ou toalha gelada
Para diminuir o incomodo do nascimento dos primeiros dentinhos, dê para o bebê mordedores de gel ou uma toalha gelada. Coloque os objetos no refrigerador por 30 minutos e ofereça ao pequeno. A pressão que o objeto faz na boca da criança aliada à baixa temperatura amortece a gengiva, diminuindo o mal-estar. Alimentos refrigerados também funcionam!

2.      Massageie a gengiva do bebê
Massagear a gengiva também é uma forma eficiente para diminuir a sensação de coceira que o bebê sente. Reserve alguns minutinhos, três vezes ao dia, para estimular toda a gengiva do neném. Para a massagem, é indicado o uso de dedeiras de silicone ou uma gaze úmida. É importante manter os objetos sempre higienizados para não contaminar ou levar bactérias oportunistas para a boca do seu filho.

3.      Higienize a boquinha do bebê desde cedo
A higiene bucal da criança deve começar já na primeira infância. A mamãe deve estar atenda ao início do nascimento dos dentinhos e começar a higienização com gaze e posteriormente com fio dental e escova de dente. Além de higienizar a boquinha das crianças, que já consomem alimentos pastosos, também trará sensação de alivio quando os dentes começarem a nascer.

4.      Tenha sempre um analgésico recomendado pelo seu pediatra na sua farmacinha
O auge da dor acontece no nascimento dos dentinhos da frente, tanto nos de cima, quanto nos de baixo,       que ocorre entre os 6 e 8 meses. Se a dor for persistente e os métodos para minimizar o desconforto não forem suficientes, é recomendado o uso de analgésicos como Alivium, além da orientação do seu pediatra. Consulte o seu médico!

Sobre Alivium
Alivium é um medicamento à base de Ibuprofeno, uma substância que apresenta ação analgésica e antitérmica, indicado para diminuição da febre e dores associadas a resfriados, gripes, torções, pancadas, dores musculares, cefaleia e cólicas menstruais. O medicamento está disponível em diversas apresentações, divididas em líquidos (Alivium 100mg/mL  Suspensão Gotas  (20mL),  Alivium 50mg/mL Suspensão Gotas (30mL) e Alivium 30mg/mL Suspensão (100mL) com seringa dosadora) para o público infantil e apresentações em sólidos (Alivium 400mg comprimidos revestidos e a nova versão Alivium 400mg cápsulas moles), para adultos.
Alivium. Suspensão. ibuprofeno 30mg/mL. Suspensão gotas. ibuprofeno 50mg/mL e 100mg/mL. Indicações: para redução da febre e para o alívio de dores, tais como: dores decorrentes de gripes e resfriados, dor de garganta, dor de cabeça, dor de dente, dor nas costas, cólicas menstruais e dores musculares. MS 1.7817.0807. Alivium. Cápsula mole. Ibuprofeno 400mg. Indicações: para alívio temporário da febre e de dores de leve a moderada intensidade como: dor de cabeça, dor nas costas, dor muscular, enxaqueca, cólica menstrual, de gripes e resfriados comuns, dor de artrite e dor de dente. MS 1.7817.0826. Alivium. Comprimido revestido. ibuprofeno 400mg. Indicações: para redução da febre e o alívio temporário de dores leves a moderadas tais como: dor de cabeça, dor de dente, dor muscular, dor na parte inferior das costas, dores relacionadas a problemas reumáticos não articulares e periarticulares, dores associadas a processos inflamatórios e/ou traumáticos e dores associadas a gripes e resfriados. MS 1.7817.0807. Ressaltado que segundo a bula o uso de ibuprofeno em crianças com menos de 2 anos de idade deve ser feito sob orientação médica.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. Abril/2018.

Tecnologia do Blogger.