FILOSOFIA MONTESSORIANA: MUITO ALÉM DA CAMA BONITINHA


Por Flavinha Rodrigues
 (Consultora Materna e em Vigilância do Desenvolvimento)
@plenitudematerna
@consultoriabrincar (Perfil Profissional)




Atualmente, temos visto muito nas redes sociais a respeito dos chamados quartos motessorianos compostos pelas famosas caminhas no nível do chão e na maioria no formato de casinha. Mas você sabe de onde veio esse conceito?




A palavra “montessoriana” vem do sobrenome da médica e pedagoga Maria Montessori nascida em 1870 na Itália. A princípio seu trabalho foi desenvolvido com crianças com necessidades especiais na clínica passando posteriormente a observar crianças sem comprometimento diante desses mesmos procedimentos em educação. O seu método foi amplamente utilizado ao redor do mundo e atualmente é utilizado por várias escolas no Brasil.


O método de aprendizagem monteressoriano, vem para revolucionar a metodologia tradicional, colocando a criança no centro, considerando sua individualidade e participação ativa no processo do aprendizado. Para essa teórica, liberdade e disciplina são dependentes uma da outra. O professor passa a ser um acompanhador, porém em um papel coadjuvante. Uma de suas frases famosas é: “Qualquer ajuda desnecessária é um obstáculo para a aprendizagem.”. Ou seja, a criança precisa ser estimulada pelo ambiente, porém elaborando suas próprias estratégias e transpondo novos desafios. Para isso o ambiente deve estar adequado às suas habilidades. Afinal, a autonomia e independência são fundamentais para que a criança aprenda.

            E qual a relação das camas com esse método? Quando colocamos uma cama baixa, a criança passa a ter capacidade de deitar-se e levantar-se quando quiser e achar necessário. A cama baixa incentiva essa autonomia e liberdade da criança desde quando o bebê começa a engatinhar. Aqui vemos a importância do ambiente adaptado para que a criança execute as atividades do dia a dia.

            Hoje trago aqui a relação do método com a camas, porém esse é um universo muito amplo que merece ser explorado. E para você que gostou do método e tem interesse de saber um pouco mais, deixo aqui uma referência interessante disponível no Portal de Domínio Público, acessado por meio do link abaixo. Trata-se do livro Maria Montessori por Hermann Röhrs.


Espero que gostem e se apaixonem por essa filosofia tão centrada na criança! Boa leitura!

Tecnologia do Blogger.