Saiba como produzir os pets para a Copa

junho 11, 2018
William Galharde, gerente de estética da Petz, orienta como criar looks com enfeites, acessórios e mechas, sempre com atenção ao bem-estar dos bichinhos de estimação




Os pets também vão entrar no clima da Copa do Mundo. A dica do groomer premiado William Galharde, gerente de estética da Petz, é criar looks com bandanas, laços, pompons, gravatinhas, roupinhas, acessórios e mechas com as cores da Seleção Brasileira. “Sempre com muito conforto aos pets, pensando no bem-estar deles. O visual deve ser harmonioso, mas é preciso se preocupar com o bichinho. Alguns não se estressam com nada e podem usar adereços, roupas e apliques, enquanto outros não suportam nem um pequeno laço”, orienta Galharde.

Para esses casos, o gerente de estética sugere acessórios como guias, caminhas, caixinhas, comedouros e brinquedos com as cores verde e amarela, que também dão um colorido e podem compor o visual do pet torcedor.


Estilosos
Mechas coloridas, laços e adesivos de fácil aplicação vão estar em alta e podem ser usados em conjunto. Penteados com elástico para machos e pompons para fêmeas são boas opções para enfeitar sem muito trabalho. Para os pets de pelo longo, dá para fazer tinturas criativas em caudas, mexas e utilizar adereços presos na pelagem. Já os de pelo curto têm bandanas, gravatas e adesivos como alternativas práticas e divertidas.

“No entanto, as pessoas devem ficar atentas para usar os enfeites sempre com cuidado para não estressar o pet nem deixá-lo irritado. Além disso, só fazer mechas com profissionais experientes, que usam produtos específicos para garantir a saúde do bichinho”, esclarece. Outra opção para embelezar e tornar os pets estilosos são as tosas, que podem criar topetes e penteados semelhantes aos dos jogadores de futebol.

Dicas e cuidados
1 – Gravatinhas e bandanas
Dão um toque no visual e são fáceis de usar. Sempre retirar o acessório após algumas horas de uso, principalmente à noite, para não machucar o pescoço do pet.
2 – Laço
Os enfeites maiores são mais fáceis de colocar. Usar apenas nos pets que estão acostumados e gostam. Para aqueles que não suportam, é melhor fazer uma tosa e esquecer os acessórios. 
3 – ‘Camisa da Seleção’
Roupinhas que imitam a camisa dos jogadores devem ser de tecidos leves e confortáveis, que não comprometam o movimento dos bichinhos. 
4 – Elásticos e pompons
Na hora de colocar, segure só o pelo do alto da cabeça e ponha o elástico com cuidado. Na hora de retirar, use uma tesoura pequena para cortar o elástico, em vez de puxá-lo. Assim, o pelo fica preservado e não machuca o pet.
5 – Escovação
Retirar enfeites e roupinhas à noite, principalmente para os cães de pelo longo, para fazer a escovação e evitar a formação de nós na pelagem.


Sobre a Petz
Depois de um processo intenso de reformulação, que firmou a marca Petz no mercado e modernizou a estrutura e o conceito de suas lojas, a rede de pet shop segue com um plano expressivo de expansão. Com o objetivo de se posicionar entre as cinco maiores operações mundiais do mercado pet até 2020, a marca investe na sua ampliação desde 2014, tendo aberto sete novas lojas no Brasil em 2015, outras 12 em 2016 e 17 em 2017.

Atualmente, o grupo é o maior do Brasil em número de lojas, somando 67 no País – em São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal – onde reúne tudo o que os bichinhos de estimação precisam para uma vida com qualidade em um só lugar. Destacando os espaços Petz Estética e Petz Veterinário, as lojas da rede contam com profissionais especializados nos serviços de banho e tosa e na medicina veterinária – capazes de cuidar da saúde e da higiene dos pets da melhor forma.

Cada loja conta com mais de 20 mil itens para o bem-estar dos bichinhos, entre alimentos, acessórios e brinquedos; além de uma farmácia veterinária completa, onde o cliente pode encontrar o que for necessário para os tratamentos indicados pelos especialistas do Petz Veterinário.
Divididas nos mundos Safári (com aves e roedores, entre outros pets), Aquarismo, Cães e Gatos, as unidades da Petz permitem que o consumidor tenha mais proximidade com os bichinhos – podendo se divertir ao observá-los e decidir qual o mais apropriado para se tornar parte da família. Além disso, a rede também conta com o espaço Petz Garden nas suas lojas, destacando uma variedade de flores e plantas.

Criada pelo empresário Sergio Zimerman em 2002, sob o nome de Pet Center Marginal, a rede conta, ainda, com um centro veterinário exclusivo na Avenida Pacaembu, 1.140, em São Paulo. Com equipamentos de última geração e uma equipe de médicos veterinários das mais variadas especialidades, o espaço reúne pronto-socorro, centro cirúrgico, exames laboratoriais e internação com espaço para que a família do pet o acompanhe durante o período em que necessita de atenção especial.




 


Tecnologia do Blogger.