Sinéquia de pequenos lábios: atenção que toda mãe de menina deve ter!



Por Flavinha Rodrigues
e-mail: plenitudematerna@gmail.com




Hoje eu vim falar sobre um assunto que é pouco conhecido pelas mães e que eu vim a ter contato apenas quando minha filha teve o diagnóstico. Desde o seu nascimento, a pediatra sempre observava mês a mês o canal vaginal da Giovana para ver se não estava fechado. Por incrível que pareça, eu, mãe curiosa por natureza, nunca havia perguntado o porquê daquela observação contínua. Quando Giovana completou  9 meses, na sua consulta de rotina, a pediatra disse que os pequenos lábios dela haviam colado e seria necessária uma avaliação por uma cirurgiã pediátrica. Foi assim que conheci a tal sinéquia dos pequenos lábios.


*Imagem retirada do Baby Center.
Existem alguns motivos que podem levar a esse processo de ”colagem” dos pequenos lábios. Um deles é o fato de que a bebê tem baixa produção do hormônio estrogênio que acaba dificultando a recuperação das irritações e assaduras que são super comuns nos bebês. Além disso, o fato dos pequenos lábios das bebês serem tão internos, a higiene pode ficar comprometida facilitando as infecções que vão acabar resultando na junção dos mesmos.
Geralmente, o tratamento é feito com pomadas que contém o hormônio. Os cuidadores passam a pomada no local massageando e com o tempo a sinéquia vai se abrindo. Existe um período em que esse processo deve ser repetido para que o canal não volte a fechar.
Em alguns casos, como o da Giovana, a pomada não é suficiente e um procedimento de abertura é necessário de ser feito. Ele pode ser feito com anestesia local no próprio consultório médico ou em um hospital com a anestesia geral. Eu optei pela anestesia geral, para evitar qualquer possível trauma diante da possibilidade dela sentir dor. Mas isso vale ser discutido com o médico para que todos estejam confortáveis e seguros quanto às escolhas, como tudo que envolve esse universo da maternidade. A nossa experiência com a anestesia geral foi muito tranquila e rápida. O procedimento todo durou em torno de uma hora. Ela não teve qualquer reação com a anestesia e em questão de minutos já estava toda sorridente querendo brincar. Não teve dor após o procedimento, e apenas foi passada uma pomada para usarmos durante 40 dias para evitar que a pele se feche novamente.

Sobre os sentimentos maternos a respeito... fiquei super ansiosa em relação à anestesia geral, chorei muito quando levaram ela para o centro cirúrgico e fiquei com muito medo de me arrepender. Mas acho que isso é algo que não podemos evitar em todas as nossas escolhas em relação aos nossos pequenos. E claro, se dói na mãe ver um dente nascer, imagina ver sua pequenininha sendo levada para um centro cirúrgico! Mas agora que já passou tudo, posso dizer que a preocupação materna é completamente pertinente! Entendo todas as mães que sofrem com qualquer problema de saúde dos seus filhos, pequenos ou graves. Mas força, você consegue passar por isso! E fica tranquila, você está fazendo o melhor para seu bebê.
Tendo dúvidas ou ansiedades, estou aqui! Só me chamar!

Tecnologia do Blogger.