presentes para o dia das crianças

outubro 10, 2018
Dia das crianças, que delícia!

Embora o dia deles , para mim é todos os dias, acho importante a data, assim nós adultos conseguimos para e olhar para os filhos, sobrinhos e crianças com outros olhos, ter um tempos especial para eles, e fazer um dia se tornar algo mais marcante.


Lembre-se de tirar algumas horas ou o dia todo e fazer algo especial com os pequenos, construa memórias, isso com certeza te fará mais feliz.


Pensando na data separei algumas novidades que achei bem interessante para presentes as crianças, afinal, eles esperam por um mimo.


Dicas Alphabeto:

Brinquedos:




Mundo Bita
     
Multikids

Multikids
                                                                                           




Roupas Alphabeto:




 


 


Calçados:






                 

      


Acessórios:



       







  
 




 

   






Tecnologia:





Compaq
Multilaser
     


A arvore Generosa




A parte que falta encontra o grande O







A parte que falta


Neste clássico da literatura infantil relançado pela Companhia das Letrinhas, acompanhamos a busca por completude e refletimos sobre relacionamentos com a poesia singela de Shel Silverstein.

O protagonista desta história é um ser circular que visivelmente não está completo: falta-lhe uma parte. E ele acredita que existe pelo mundo uma forma que vai completá-lo perfeitamente e que, quando estiver completo, vai se sentir feliz de vez. Então ele parte animado em uma jornada em busca de sua parte que falta. Mas, ao explorar o mundo, talvez perceba que a verdadeira felicidade não está no outro, mas dentro de nós mesmos. Neste livro, leitores de todas as idades vão se deparar com questionamentos sobre o que é o amor e quanto dependemos de um relacionamento ou parceira para nos sentirmos plenamente felizes.



A Menina Que Queria Ir Para A Escola (Companhia Das Letrinhas)

No primeiro livro-reportagem destinado ao público infantil, a jornalista Adriana Carranca relata às crianças a história da adolescente paquistanesa Malala Yousafzai, baleada por membros do Talibã aos catorze anos por defender a educação feminina. Na obra, a repórter traz suas percepções sobre o vale do Swat, a história da região e a definição dos termos mais importantes para entender a vida desta menina tão corajosa.










Mala Bagaggio



               






Diadora 


                         

                       



Tecnologia do Blogger.